Blog da Joana
sono e alimentação

Como a sua alimentação pode melhorar suas noites de sono

O que você vai encontrar nesse artigo sobre sono e alimentação:

  • Vamos falar sobre alimentação?
  • O organismo, o sono e a alimentação
  • Então, o que seria ideal?
  • Opções saudáveis para dormir melhor!

Hoje a ciência está comprovando que para se ter qualidade de vida é necessário um conjunto de coisas.

Além de adotar um estilo de vida saudável que inclua a prática regular de exercícios físicos e uma boa alimentação, estamos vendo o quão necessário é ter uma boa noite de sono.

Segundo Rudolf Steiner, filósofo alemão criador da Antroposofia, o sono e a vigília aparecem como um grande ritmo respiratório. A falta desse ritmo, algo que a vida moderna nos obriga, faz com que as pessoas se desequilibrem internamente.

Vimos por aqui que a falta de sono impacta em toda nossa biologia, hormônios, comportamento, apetite e saciedade, podendo até ter relação com a obesidade.

Mas quais são os fatores que nos fazem dormir mal?

Vamos falar sobre alimentação?

Assim como a luz dos eletrônicos, barulhos, temperatura, hábitos ruins, o alimento pode exercer influencias decisivas no sono.

Você sabia que o alimento é o terceiro fator determinante na influência dos ritmos biológicos?

Através dos alimentos, podemos controlar a ritmicidade biológica e a qualidade do nosso sono.

Na Medicina Tradicional Chinesa, existe uma frase bem interessante sobre a alimentação no período noturno:

“Alimentos crus de dia é ouro, de tarde é prata e a noite mata”.

O que isso quer dizer?

Ao ingerirmos alimentos crus no período noturno, nosso sistema digestório precisa realizar um esforço maior para fazer a digestão. Isso altera todo o comportamento do nosso sono.

Portanto, ingerir saladas, frutas, peixe cru, carpaccio e demais alimentos de natureza crua podem ser realmente prejudiciais na hora de dormir.

A orientação da Medicina Tradicional Chinesa é de que façamos uma refeição leve no período da noite, dando preferência a uma alimentação que envolva a “água quente”, ou seja, sopas, chá com torradas, etc.

Adotar essa rotina alimentar pode ajudar no relaxamento do corpo e no trabalho de limpeza interna durante o período noturno.

O organismo, o sono e a alimentação

Uma curiosidade:

De 01h às 03h da manhã, nossa energia está mais concentrada no fígado.

Pela medicina ocidental, esse é o horário em que acontece toda a desintoxicação do organismo. E quem realiza esse trabalho? Ele mesmo, o fígado!

Por isso é importante que neste horário estejamos em sono profundo, para que o organismo possa fazer o trabalho dele. E como estar em sono profundo nesse horário?

Bom, para que isso aconteça, a recomendação é dormir pelo menos duas horas antes desse trabalho.

Ou seja, nada de ficar na televisão, nas redes sociais, pensando em lanchinhos noturnos e etc. Vá dormir!

Tudo o que fazemos que possa entrar em conflito com essa “programação” biológica é um PROBLEMA. Incluindo os alimentos que você escolhe ingerir!

Portanto, alimentos pesados, com altas cargas glicêmicas (pães, massas, bolos, pizza, macarrão) e alimentos gordurosos (fast food, hambúrgueres, batata-frita) darão um trabalhão para o seu corpo digerir, principalmente se for antes de dormir!

E o que acontece? Ao invés do seu organismo concentrar energia e recursos nos próprios processos do sono, ele passará a noite toda (e muitas vezes boa parte do dia seguinte) digerindo toda essa comida.

Quem aí já acordou se sentindo inchado, com náuseas e indisposição após ter comido alimentos pesados na noite anterior?

alimentos pesados

Você que já sentiu isso, sabe bem do que estou falando!

Então, o que seria ideal?

Se formos falar de alimentação à noite, o ideal seria realizar a refeição o mais cedo possível, ou o mais distante da hora de dormir.

Essa refeição deve ser nutritiva e exercer o papel de saciar, ou seja, precisa ser um jantar DE VERDADE! Assim, seu corpo não estará “faminto” e querendo alimentos calóricos na hora do sono.

De forma geral, (já que cada caso é um caso, como por exemplo, as pessoas que treinam à noite), a refeição noturna deve ser low carb (pouca massa branca, farinhas, etc), com boas gorduras (abacate, óleo de coco, azeite extra virgem, por exemplo) e boas fontes de proteína (ovo, carnes brancas como o peixe, etc).

Mas não retire todo o carboidrato!

Uma sopa com grãos integrais também pode ajudar a induzir o sono e não afetará a digestão.

Alimentos como refrigerantes, café, mate, chá verde, canela, gengibre, alecrim, etc. são todos estimulantes e só podem ser consumidos até o final da tarde. Bebida alcoólica também prejudica  muito o nosso sono, então, cuidado!

Até que não está tão difícil né?

Opções saudáveis para dormir melhor

Ninguém vive sem se alimentar. A alimentação é uma necessidade!

Mas não vivemos bem se essa alimentação não for feita de maneira equilibrada.

Para muitos, comer de forma saudável não é uma tarefa fácil.

Sei bem que a praticidade e facilidade dos alimentos embutidos, prontos e congelados, são a alternativa preferida daqueles que não tem tempo ou disposição para cozinhar à noite.

Mas não custa muito se esforçar e cuidar um pouquinho melhor de nós mesmos, não é?

Uma solução perfeita seria focar em alimentos de baixo índice glicêmico, ingestão de gorduras boas e legumes e proteínas de boa qualidade.

Tá bom, mas na prática, como seria isso?

Vamos a algumas dicas:

  • Salada, legumes, verduras cozidas no vapor e folhas verdes (cozidas ou quentes! Couve, escarola, agrião)
  • Omelete com legumes no vapor
  • Kibe de forno (assado, NÃO cru!)
  • Filé de peixe grelhado ou assado com limão e ervas
  • Frango grelhado com arroz negro ou integral
  • Panqueca funcional com grãos integrais como smenete de abobora, girassol, amaranto, gergelim, aveia..);
  • Sopas de legumes com quinoa

Deixamos dicas completas de como esses alimentos poderão ser preparados levando você a ter uma alimentação mais adequada na hora de dormir.

Você também vai encontrar algumas curiosidades sobre o sono e outras práticas para poder dormir melhor.

Quer algumas dicas de como preparar esses alimentos e como dormir melhor?

Baixe o nosso e-book!

ebook sono

Joana Carreirão

Seja o primeiro a comentar

Topicos

Conheça meu trabalho

Siga-me

Não se acanhe! Entre em contato!